O Página 150 é uma introdução à resenha final do livro. Algo propositalmente superficial, que trará comentários sobre o livro num todo, sem grandes explicações sobre os detalhes da história. 


Lola e o Garoto da Casa ao Lado - Stephanie Perkins


Lola e o Garoto da Casa ao Lado conta a história de Dolores Nolan, ou Lola. Uma garota de 17 anos que vive com seus dois pais, Nathan e Andy. Lola namora Max, um rapaz de 22 anos que, apesar de seus esforços, ainda não conseguiu ser aprovado pelos pais da garota. As roupas que Lola usa em seu dia a dia não são nada convencionais. Ela mesma faz questão de criar o figurino que a veste e discrição não faz parte de suas criações.

Há dois anos, Cricket Bell, o garoto da casa ao lado e também o primeiro amor de Lola, foi embora da vizinhança com sua família para acompanhar a carreira de sua irmã gêmea, Calliope, atleta profissional de patinação artística. Mas antes de partir, Cricket pisou na bola com Lola e a deixou com o coração partido.

Lola é uma boa protagonista. Eu gostei dessa menina! Ela é criativa e na maioria da vezes não liga para o que as pessoas pensam sobre o modo como se veste. Há meses está empenhada em seu principal projeto: desenhar e criar uma réplica o mais perfeita possível do vestido de Maria Antonieta - com direito a uma peruca extensa - roupa que usará em seu baile de formatura.  Lola é uma personagem "clean", que convida o leitor a conhecer os dilemas de uma adolescente comum, com problemas comuns, os quais ela tenta resolver com seu jeitinho um tanto quanto desastroso e seu insistente bom humor.

A primeira e a última frase da página 150 são, respectivamente:

- Cal... - diz ele.
e
- Então, me leve pra casa.


O melhor quote até agora foi:

- Foi o dia em que dei meu primeiro beijo.
Meu sorriso desvanece.
- Estou melhor agora. - Ele põe a maçã perto de mim. - Nos beijos. Só para você saber. 



Fotos do Livro
(Clique nas imagens para ampliá-las)

A capa e a contracapa são bem coloridas e totalmente lisas. As cores não se chocam entre si e formam uma mistura muito bonita.






Os capítulos são iniciados com esses motivos de corações. E os números das páginas estão acompanhados dos mesmos coraçõezinhos.




O livro é leve e cheio de bom humor. Em breve trarei a resenha dele para vocês.

Gostou deste Página 150? Então leia o anterior: Página 150: A Outra Vida - Susanne Winnacker

Beijoo!!
Lu


Artigos relacionados:




Quote da Semana

"Somos todos estranhos de um jeito diferente, e isso é normal. E mesmo que exista muita coisa que eu não possa dizer para eles, é bom me sentir parte de um grupo." (Cartas de Amor aos Mortos - Ava Dellaira)

3 comentários:

  1. Poxa, achei linda a capa desse livro! Super colorida, um amor <3
    A história não é bem o estilo que gosto de ler, mas pra dar uma relaxada após leituras mais densas ele parece ser ótimo.

    Beijokas,
    http://minhacontracapa.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Luciana!
    Tenho bastante vontade de ler esse livro e essa vontade ficou um pouquinho maior com os seus comentários. Apesar de não ser o meu tipo de livro favorito tem algo nessa história que me faz querer ler.
    Vou aguardar sua resenha!

    Beijos
    Espero sua visita =)
    http://numrelicario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Flor!
    Que legal essa sua ideia de fazer uma 'pré-resenha', adorei ♥ Ganhei esse livro no meu aniversário desse ano e, apesar da grande vontade de lê-lo, ainda não tive tempo =| Acho que tenho um pouco da Lola dentro de mim, porque quando era mais nova, adorava criar looks e pouco me importava com a opinião dos outros. Você já leu 'Anna e o beijo francês'? Não sei ao certo se é verdade, mas dizem que ele faz referencia à esse livro e/ou vice versa T_T detesto ter uma memória tão curta!

    Beijos,
    Blog Procurei em Sonhos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Não deixe de comentar...

Topo