Citando Citações é uma postagem semanal que da destaque a um ou mais trechos de determinado livro.



Oi pessoinhas. Tudo bem?
As citações de hoje vêm do livro Como eu era antes de você, da autora Jojo Moyes.
Acho que já fiz quase todo tipo de postagem relacionada a esse livro por aqui, porque ele é um dos meus livros favoritos . Mas ainda não tinha postado frases dele. Então, já que o Sem Spoiler anda tão cheio de amor, acho que é um bom momento. 



Dizem que só é possível se admirar um jardim depois de certa idade, e acho que existe alguma verdade nisso. Provavelmente tem algo a ver com o grande ciclo da vida. Parece que há algo de miraculoso em ver o inexorável otimismo de um novo broto após a desolação do inverno, uma espécie de alegria na diversidade a cada ano, a forma como a natureza escolhe mostrar diferentes partes do jardim. Houve momentos —quando meu casamento ficou mais populoso do que eu tinha imaginado — em que o jardim foi meu refúgio, momentos em que foi uma alegria. 

É só que o que não se pode compreender a respeito da maternidade, até que se tenha um filho, é que não é um adulto — o deselegante, barbado, fedorento, filho teimoso — que a mãe vê diante de si, com seus recibos de estacionamento, seus sapatos não engraxados e sua complicada vida sentimental. A mãe enxerga todas as pessoas que o filho já foi ao longo da vida reunidas em uma só. 

A finalidade da música é fazer com que você se desligue do mundo 

Seu corpo era apenas uma parte do pacote completo, algo para se lidar de vez em quando, em intervalos, antes de voltarmos a conversar. Para mim, tinha se tornado a parte menos interessante dele. Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.

– Fale com ele, pelo amor de Deus. Claro que ele se sente infeliz. Está preso a uma maldita cadeira de rodas. E você certamente está sendo inútil. Apenas fale com ele. Conheça-o. Qual a pior coisa que pode acontecer?

Reparei que ele parecia determinado a não lembrar em nada com o homem que tinha sido; (...). Seus olhos cinzentos tinham marcas de cansaço, ou de desconforto que ele sentia o tempo todo (...). Eles levavam o olhar vazio de alguém que está sempre alguns passos afastado do mundo a seu redor. Às vezes, eu me perguntava se aquilo não era um mecanismo de defesa de Will, já que a única maneira que encontrou de lidar com sua vida foi fingir que não era com ele que aquelas coisas estavam acontecendo.

Estou me preparando psicologicamente para reler este livro. rs

Se você gostou destas frases, confira os Citando Citações anteriores:


Um beijo.
Lu



Artigos relacionados:




Quote da Semana

"Somos todos estranhos de um jeito diferente, e isso é normal. E mesmo que exista muita coisa que eu não possa dizer para eles, é bom me sentir parte de um grupo." (Cartas de Amor aos Mortos - Ava Dellaira)

8 comentários:

  1. Oi Lu,

    Muito bom. Adoro citações e já ouvi muita gente falando que esse livro é maravilhoso. Gostei bastante da segunda citação.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima
    http://vamosfalarlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li esse livro, mas gostei das citações ;)
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Ainda não li o livro mas sei que ele tem varios comentarios positivos, quero ler em breve. Achei as citações bem legais, a penultima foi a minha preferida.
    Beijos
    Guilherme - http://leituraforadeserie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Que citações mais lindas!
    Mesmo assim, quando eu li o livro, não fiquei muito contente com seu final :(

    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
  5. Dizem que esse livro é óóóóótimo ,e pelas citações tiradas dele me interessei muito !!! Beijos!


    http://vivasincera.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Esse livro é simplesmente incrível! Está entre os meus preferidos <3

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu! Vim fazer um visita, pois seu comentário me emocionou muito.
    Adorei a ideia desse post. Não conhecia esse livro e gostei muito das citações.
    Muito sucesso na sua vida, beijos!
    Tão doce e tão amarga.

    ResponderExcluir
  8. Li o livro e só posso dizer que é simplesmente maravilhoso

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Não deixe de comentar...

Topo