Citando Citações é uma postagem semanal que da destaque a um ou mais trechos de determinado livro.


Olá pessoinhas!
As citações de hoje vêm do livro "Todo Dia", do autor David Levithan.



Li Todo Dia no final de 2013 e apesar de a história parecer maluca, ele se tornou um de meus livros favoritos. O protagonista do livro é A. Todo dia A acorda em um corpo diferente e então podemos conhecer um pouco de cada corpo que ele habita. O livro me trouxe profundas reflexões e me surpreendeu porque eu não pensei que um tema aparentemente sobrenatural pudesse me trazer tantas sensações reais.



"Ontem eu era uma garota numa cidade que, imagino, fica a duas horas daqui. No dia anterior, era um garoto numa cidade a três horas de distância. Já estou me esquecendo dos detalhes deles. Tenho que esquecer; caso contrário, nunca vou me lembrar de quem sou realmente." pág. 9


"Enquanto cochilamos, sinto uma coisa que nunca senti. Uma proximidade que não é apenas física. Uma conexão que desafia o fato de que acabamos de nos conhecer. Um sentimento que só pode vir da mais eufórica das sensações: a de pertencer a alguém." pág. 25


"Não há meios de ficar neste corpo. Se eu não dormir, a mudança vai acontecer de qualquer forma. Eu costumava pensar que, se ficasse acordado a noite inteira, permaneceria onde estava. Em vez disso, eu era arrancado do corpo no qual me encontrava. E ser arrancado é exatamente como você imagina que é ser arrancado de um corpo, com todos os nervos sentindo a dor da separação, e a dor de ser colocado em outra pessoa." pág. 27

"Posso ver que a tristeza voltou. E não é uma tristeza bonita; a tristeza bonita é um mito. A tristeza transforma as feições em argila, não em porcelana." pág. 50

"O corpo está me infectando. Tenho que ficar longe do corpo tanto quanto possível. Mesmo estando dentro dele." pág. 58

"Ao longo dos anos, fui a muitas cerimônias religiosas. Cada uma que frequento apenas fortalece minha impressão geral de que as religiões têm muito, muito mais em comum do que gostariam de admitir (...) Quer você acredite em Deus, Javé, Alá ou qualquer outra coisa, é provável que, em seu coração, vocês queiram a mesma coisa."  pág's. 69/70

"(...) sei que parece um modo horrível de se viver, mas eu já vi muitas coisas. É muito difícil ter uma noção verdadeira do que é a vida quando se está num único corpo. Você fica tão preso a quem você é. Mas quando quem você é muda todos os dias, você fica mais próximo da universalidade. Mesmo dos detalhes mais triviais. Você percebe que as cerejas têm gosto diferente para pessoas diferentes. Que o azul parece diferente.Você vê todos os estranhos rituais que os garotos têm para demonstrar afeição sem admitir. Você aprende que, se um dos pais lê para você no fim do dia, é sinal de que é um bom pai, porque já viu muitos outros pais que não têm tempo para isso. Você aprende o verdadeiro valor de um dia, porque todos os dias são diferentes. Se você perguntar à maioria das pessoas qual a diferença entre a segunda e a terça-feira, provavelmente vão responder dizendo o que comeram no jantar à noite. Eu, não. Ao enxergar o mundo de tantos ângulos, percebo melhor a dimensão dele." pág. 93



Artigos relacionados:




Quote da Semana

"Somos todos estranhos de um jeito diferente, e isso é normal. E mesmo que exista muita coisa que eu não possa dizer para eles, é bom me sentir parte de um grupo." (Cartas de Amor aos Mortos - Ava Dellaira)

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Não deixe de comentar...

Topo